A estrutura organizacional dos pequenos grupos




Dr. Ralph Neighbour sugere uma estrutura que considera ideal para o funcionamento de uma célula. Enfatiza a importância do compromisso e fidelidade com as suas reuniões. Nada deve competir com as reuniões semanais que elas realizam. Nenhuma outra reunião, ensaio, comemoração ou programação é mais importante. As células são a essência da vida da Igreja. A quantidade ideal de membros das células varia de acordo com o tempo e estágio da célula: algo entre 5 e 15 membros.

As células gerenciam os números, preparando os membros para a multiplicação, quando formarão células novas. O grupo deverá ser duplicado, facilitando a comunhão, o aprendizado e a atenção aos membros e não-membros ou visitantes. Quando os números ultrapassam a marca de 18 membros, como é o caso de alguns modelos, o ideal seria formar três novas células, com 6 pessoas cada.

Numa igreja que adotou o princípio de grupos pequenos, o número total de membros da igreja poderá ser a soma de todos os membros das células. Entretanto, isso não é uma regra rígida. Não há critério rígido para se tornar membro de uma célula.



As células podem ser classificadas: Por área geográfica, por grupos de interesse, por ministérios, etc… Há uma diversidade na formação das células, não havendo um padrão único. Os adolescentes e jovens têm suas células próprias.

Em alguns casos, crianças participam das células com seus pais, separando-se para o estudo apropriado no momento certo, sendo lideradas e monitoradas pelos pais, que se alternam a cada reunião. As crianças ainda recebem material para estudo durante a semana, ministrados por seus pais. Esses estudos têm também o objetivo de edificar os pais.

Muitas igrejas adotaram a estrutura de redes de células, onde as crianças, adolescentes, jovens e adultos são distribuídos em células homogêneas, de acordo com sua faixa etária. Não é bom formular regras rígidas para o funcionamento das células. Devemos permitir ao Espírito Santo conduzir o processo, dirigindo a liderança da igreja local sobre como agir em cada caso, como Lhe apraz.

Extraído do Livro “Visão Panorâmica da Igreja em Células” –  Argenildo Carvalho, MDA Publicações, 2010.

3D Livro Visao Panoramica

Clique na imagem e saiba mais sobre o assunto