A importância da perseverança na consolidação

disccipulado-oracao-mda“Não abandonei, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito tender necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade Deus, alcanceis a promessa.” (Hebreus 9.35,36)

“Fiel e esta palavra: se já morremos com Ele também viveremos com Ele; se perseverarmos também com Ele reinaremos; se o negarmos ele por sua vez nos negará, se somos infiéis ele permanece fiel pois de maneira nenhuma pode negar-se a sim mesmo (II Timóteo 2.11-13)

De acordo com esses textos, se quisermos conquistar, tempos que preservar em tudo. Jesus não desistiu de nenhum dos Seus discípulos, mesmo quando eles demonstravam muita imaturidade. Pedro, por exemplo, foi um dos discípulos que deu mais trabalho para Jesus. Sua vida foi cheia de altos e baixos.

Até mesmo quando Jesus estava sendo levado para ser crucificado, Pedro ainda estava “pisando na bola”. Ele negou abertamente a Jesus por três vezes. Talvez se fosse um de nós não teríamos tido a mesma atitude que fosse um de nós não teríamos tido a mesma atitude que Jesus teve. Mesmo diante de uma atitude errada, Ele não desistiu de acreditar.

Todos nós sabemos o que aconteceu depois da ascensão de Jesus. Os discípulos continuaram a Sua obra com muito sucesso, porque foram bem consolidados em Deus, e também porque eram uma só equipe, unidos uns com outros, e muitas coisas poderosas aconteceram.

Então voltaram para Jerusalém, do monte chamado das Oliveiras, o qual está perto de Jerusalém, à distância do caminho de um sábado. E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmão de Tiago. Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos.” (Atos 1:12-14)

“Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.” (Atos 2:1)

Os discípulos continuaram com o trabalho que Jesus começou. Eles avançaram, pregaram o evangelho, formaram outros discípulos, morreram pela causa de Cristo. Isso foi porque Jesus perseverou com eles, não desistiu dele e garantiu uma boa consolidação. O evangelho chegou até nós como resultado do excelente trabalho que Jesus começou. Agora é nossa vez. Temos que continuar essa excelente obra. Nem sempre é fácil. Existem pessoas que são fáceis de consolidar, outras, porém, passam por um processo mais lento. O segredo está na perseverança. Temos que perseverar.

consolida_oTexto extraído do Livro “Consolidação – O desafio de não perder nenhum” – Elivaldo Canté, MDA Publicações, 2016.

Se deseja saber mais sobre o assunto, clique na imagem ao lado e adquira o livro.