Dica de ilustração para a sua célula: Abrindo a porta



Dica de ilustração para a sua célula Abrindo a porta

Numa terra em guerra, havia um rei que causava espanto.

Cada vez que fazia prisioneiros, não os matava, mas levava-os a uma sala que tinha um grupo de arqueiros em um canto e uma imensa porta de ferro do outro, na qual havia gravadas figuras de caveiras.

Nesta sala ele os fazia ficar em círculo, e então dizia:

– Vocês podem escolher morrer flechados por meus arqueiros, ou passar por aquela porta, que se fechará para sempre atrás de vocês.

Todos os que por ali passaram, escolheram ser mortos pelos arqueiros.



Ao término da guerra, um soldado, que por muito tempo servira o rei, disse-lhe:

– Senhor, posso lhe fazer uma pergunta?

– Diga, soldado.

– O que havia por trás da assustadora porta?

– Vá e veja.

O soldado vai até à porta, abre-a vagarosamente, e percebe que, à medida que o faz, raios de sol vão adentrando e clareando o ambiente, até que a porta, totalmente aberta, revela um caminho que sairia rumo à liberdade.

O soldado, admirado, apenas olha seu rei, que diz: Eu dava a eles a escolha, mas todos preferiram morrer a arriscar abrir esta porta.

Quantas portas deixamos de abrir pelo medo de nos arriscar?

Quantas vezes perdemos a liberdade, apenas por sentirmos medo de abrir a porta dos nossos sonhos?

(Autor desconhecido)

Extraído do Livro “Dinâmicas:  Quebra-gelos e ilustrações“. Ivanildo Gomes, MDA Publicações, 2011.

Clique na imagem ao lado e adquira nossos produtos.



, Quebra - Gelo