Dica de reflexão para sua célula: A Igreja morta

church-revitUm novo pastor da igreja de uma pequena cidade no estado Oklahoma, Estados Unidos, gastou seus primeiro quatro dias de pastoreado fazendo visita para todos os membros, que eram bem poucos. Todos diziam que aquela igreja estava morta, mas ele cria que tinha como reanimá-la. No primeiro domingo, ninguém veio. No segundo, muito menos.

O pastor, então, teve uma ideia. Colocou uma notícia no jornal local, dizendo que, já que aquela igreja estava definitivamente morta, era preciso dar-lhe um funeral cristão decente. A notícia dizia que a cerimônia fúnebre aconteceria no domingo seguinte, às 17 horas.

 Curiosamente, uma grande multidão compareceu ao templo para acompanhar o “funeral”. Na frente do púlpito, eles viram um caixão fechado, coberto com flores. Depois que o pastor entregou a mensagem fúnebre, ele abriu o caixão e pediu que a multidão fizesse fila, um após o outro, para prestar as últimas homenagens à igreja morta.

Cheias de curiosidade sobre o que poderia representar o cadáver de uma “igreja morta”, todas as pessoas se acotovelaram em fila para olhar dentro do caixão. Cada “prateador” se inclinava para dentro do caixão, e logo depois se erguia assustado, com um olhar de vergonha e culpa.

No caixão, ajustado no ângulo correto, havia um grande espelho.

DINAMICAS

Extraído do Livro “Dinâmicas:  Quebra-gelos e ilustrações“. Ivanildo Gomes, Editora Premius, 2011.

 

Se você desejar saber mais sobre o assunto, clique na imagem e adquira nossos produtos.

, Quebra - Gelo