Entenda como devemos confessar o pecado e abandoná-lo

Entenda como devemos confessar o pecado e abandona-lo

Embora estes textos estejam em todas as Bíblias, existem pessoas que acreditam que o diabo fica falando ao nosso ouvido: “Olha, você pecou, etc.”. Se você também acredita que é dessa forma, não tem nenhum problema, desde que você confesse o pecado, pois pecado é pecado. Se você pecou, terá que confessar o pecado, indiferente de quem você acha que está lhe acusando. E quando se livrar dele, confessando-o, mesmo que alguém lhe acuse, não sentirá culpa alguma, pois haverá uma convicção inabalável em seu espírito de que você está perdoado.

Em minha opinião, apenas uma opinião, a acusação diabólica funciona da seguinte forma:

Como o diabo não pode tocar em nossa vida sem a permissão de Deus, ele vem até nós buscando uma fraqueza no nosso caráter, na nossa carne, e incentiva a nos entregamos a ela. Quando nós caímos na tentação do diabo e nos entregamos à nossa fraqueza de caráter, pecamos. O “bicho” se aproxima de Deus e usa o nosso pecado como argumento para reivindicar “direitos” sobre a nossa vida. E Deus, por causa da Sua justiça, não impede (Ele espera que nós mesmos façamos isso) o diabo de tocar na nossa vida, pois nós pecamos e o próprio Deus disse em sua Palavra:

“Filhinhos, não vos deixeis enganar por ninguém; aquele que pratica a justiça é justo, assim como Ele é justo. Aquele que pratica o pecado é do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio” (I João 3.7,8).

Louvado seja o Senhor! Pois, após dizer isso, Ele mesmo afirma em sua Palavra:

“Para isto o Filho de Deus se manifestou, para destruir as obras do diabo… Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus…” (I João 3.7-9)

Ou seja, quando peco, Deus pode impedir o diabo de tocar minha vida, desde que eu confesse e abandone o meu pecado. É muito confortável saber que o Filho de Deus já se manifestou para destruir as obras do diabo. E Ele o destruiu, quando se ofereceu na cruz como sacrifício a Deus pelos meus pecados. Aleluia! Quando admito o meu pecado, estou também admitindo minha necessidade de ser lavado pelo sangue do Cordeiro de Deus.

Hoje eu posso lançar mão desse sacrifício para minha vida pessoal. Eu posso ser lavado pelo sangue de Jesus. Eu posso receber o perdão para os meus pecados agora mesmo. Não preciso ficar nas mãos do diabo, pois a Bíblia diz que:

“Se andarmos na luz, como Ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda injustiça”. (I João 1.7-9)

 

3D Livro Arrependimento das Obras Mortas
Extraído do Livro “O arrependimento das obras mortas” – Antônio Cirilo & Abe Huber, MDA Publicações, 2011.

Clique na imagem e adquira nossos produtos.

 

, Artigos

Artigos do seu Interesse