Entenda a mente do discipulador e sua natureza espiritual


Entenda a mente do discipulador e sua natureza espiritual

O discipulador deve entender que seu coração não funciona como sua mente. Há diferenças entre “mente” e “coração” e Deus trabalha individualmente com relação a eles (Salmo 7.9; Jeremias 17.10).

Vejamos estas comparações:

  • A mente busca entender as razões… o coração busca achar repouso (Atos 17.16-21).
  • A mente busca analítica e sistematicamente… o coração busca ansioso e desesperadamente.
  • A mente busca comparações técnicas… o coração busca discernir as intenções a “fundo” (II Reis 5.24-27).
  • A mente busca os dados… o coração só quer a paz (Atos 8.27-37).
  • Na mente ficam as memórias… no coração ficam as feridas.
  • A mente pensa… o coração sente (Atos 13.44-48).

Como se pode notar, existe uma profunda interdependência entre o coração e a mente. O coração só terá sua porção se primeiro a mente cumprir com sua função. Em outras palavras, se você se dedica a esquadrinhar e a estudar a Bíblia, seu coração terá bom repouso (João 5.39-40).

Um discipulador com pouco conteúdo intelectual corre o risco de ser emocional e superficial em seus ensinamentos.

Um discipulador com pouco coração corre o risco de converte-se em uma máquina de dar informação e princípios, ainda que bons. Pense sobre com que tipo dessas pessoas você tem a tendência de ser mais parecido.

Nós crentes devemos procurar um equilíbrio entre o trabalho da mente e do coração. Um desequilíbrio fará que as Escrituras sejam ensinadas com a ênfase no lugar errado.

A diferença entre mente e coração pode ser vista, por exemplo, no primeiro grande mandamento:  “Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, e com toda tua alma, e com toda tua mente” (Mt 22.37). Isto significa que se deve amar a Deus com todas as capacidades, apesar de se diferenciar a mente do coração, já que são capacidades distintas:

  • Coração: Termo que figurativamente alude aos sentimentos.
  • Alma: Termo que inclui uma variedade de coisas, entre as quais está a vontade.
  • Mente: Termo que alude à capacidade de pensar e refletir.

Evidentemente uma grande parte do discipulado se faz com o coração, mas outra parte requer exclusivamente o trabalho da mente. Cada parte desempenha uma função distinta e indispensável.

O discipulador deve exercitar sua mente por meio do estudo sério da Bíblia; só assim poderá entender bem com o coração a vontade de Deus e logo poderá transmiti-la efetivamente (I Pedro 1.10-13).

3D Livro - Ide e Fazei Discipulos

Extraído do Livro “Ide e Fazei Discípulos” –  Abe Huber & Ivanildo Gomes, MDA Publicações, 2012

Clique na imagem ao lado e adquira o livro.



, Artigos