Meu drama pessoal de crescimento

31Todos nós temos muito que aprender e crescer. Temos que ficar crescendo e aprendendo uns com os outros, para que todos alcancem os alvos do coração de Deus para a igreja de Cristo em sua geração.

Eu me lembro do momento que nossa igreja alcançou a marca de duzentos membros. Naquele estágio eu me tornei um pastor frustado, porque não conseguia cuidar bem de todo mundo. Eu chorava porque, como pastor, não estava conseguindo cuidar das pessoas como elas deveriam ser cuidadas. Chegou um momento em que eu parei de fazer apelo público para a conversão, porque é um crime fazer bebê espiritual, gerar filhos espirituais pelo Espírito Santo e depois não cuidar bem daqueles bebês.

O drama descrito acima tem quase trinta anos. Aconteceu enquanto eu, ainda muito jovem, pastoreava a Igreja da Paz Central em Santarém, Pará. Hoje, depois de muitas lições estudadas e aprendidas, crescemos e estamos cuidando muito melhor das pessoas. Agora são mais de sessenta mil pessoas somente na igreja de Santarém e, pela graça e misericórdia de Deus, estamos cuidando bem melhor de cada pessoa agora do que quando tínhamos duzentos membros. Ainda temos muito que aprender, temos muito que crescer, mas, para a glória de Jesus, alegre-nos saber que estamos na direção correta.

3DLivroOCoracaodoBomPastor

Extraído do Livro “O coração do Bom Pastor: Lições para cuidar bem das ovelhas de Jesus” – Abe Huber, MDA Publicações, 2012.

Se deseja saber mais sobre o assunto, clique na imagem e adquira nossos produtos.