O modelo da visão de pequenos grupos no ministério de Jesus






Durante a vida de Jesus na Terra, residências comuns e simples eram usadas para a propagação do evangelho e para o discipulado de novos convertidos. Isso também aconteceu durante a expansão da igreja no livro de Atos.

Jesus modelou a importância do ministério nos lares para se tornar o exemplo prático de que o ministério de toda a igreja não precisa obedecer aos moldes e estrutura formais, litúrgicos e templários. Observa-se que quase tudo o que Jesus fez em Seu exercício ministerial aconteceu nos lares, e não necessariamente dentro de um templo religioso. O que Ele fez nas sinagogas e no templo constitui-se uma exceção:

  • Foi nas casas onde Ele ressuscitou os mortos (Mateus 9.23-25, Marcos 5.37-42, Lucas 8.51-55)
  • Nas casas Jesus pregava e ensinava (Lucas 5.17-18; 7.36-43; 10.38-41; 14. 1-24).
  • Em casa Ele instruiu seus discípulos (Mateus 13. 36-52; 17. 25 -27; Marcos 7. 17-23; 9. 28-29)
  • As curas aconteceram em muitos lares (Mateus 8.14-15; Marcos 1.29-34; Lucas 4.38-41)
  • Comeu e teve comunhão em residências (Mateus 9.10-13; Marcos 14. 3-9; Lucas 5. 29-30).
  • O Mestre celebrou e cantou em casas (Mateus 26.18-19; Marcos 14.14 e 26)
  • Em casas perdoou pecados (Marcos 2.1-5; Lucas 7. 36-48)
  • Expeliu demônios nas casas (Marcos 7.24-30)
  • Em lares Ele abençoou crianças (Marcos 9.33-37; 10.10-16)
  • Ele enviou seus discípulos aos lares (Mateus 10 e 11; Lucas 9.4; 10. 5-7)

 



 

Livro: Visão Panorâmica da Igreja em Células

Extraído do Livro “Visão Panorâmica da Igreja em Células” –  Argenildo Carvalho, MDA Publicações, 2010.

Se você desejar saber mais sobre o assunto, clique na imagem e adquira nossos produtos.

, Artigos

Artigos do seu Interesse