Transformados pelo conflito



Transformados pelo conflito

Em 2001, eu estava liderando um pequeno grupo o qual sentia que estava indo muito bem. Minha esposa e eu estávamos progredindo em nosso relacionamento com outro casal que estava vindo para a nossa igreja. No entanto, o marido estava tento problemas comigo, e eu não sabia.

Um dia, o marido anunciou que estava deixando o pequeno grupo por causa de problemas pessoais comigo. Admirei sua franqueza, honestidade e ousadia de me dizer o que ele estava pensando. Ao mesmo tempo, eu estava emocionalmente esmagado porque eu não tive a chance de fazer as pazes, aprender com meus erros, e resolver a situação.

Eu senti a dor e amargura em sua partida, não porque ele tinha um problema comigo, mas porque eu não fora capaz de resolver o problema com ele. Ele não me deu a oportunidade de mudar, melhorar e crescer como pessoa. Apenas foi embora.

Enquanto eu lutava com a situação, Deus me mostrou que a verdadeira comunidade envolve lidar com os problemas e enfrentar as situações. Nós crescemos mais quando nos comunicamos abertamente uns com os outros, recebemos orientações, fazemos mudança de médio prazo, e continuamos a crescer no relacionamento.



Deus trabalha por meio do conflito para transformar Seus discípulos. Ele o usa para nos modelar. Conflito com os nossos irmãos e irmãs testa nosso caráter cristão e, finalmente, nos obriga a ficar de joelhos, pedindo ajuda ao Espírito Santo. Em tais momentos, descobrimos nossa necessidade de Deus, sabendo que não podemos amar e perdoar alguém sem o Seu agir poderoso dentro de nós.

Lembro-me de um pregador dizendo: “Você quer aprender a amar alguém?” Tenha um conflito. É no reino de pessoas conflitantes que o nosso amor é testado. Estar conectado com Deus é a parte fácil. Afinal, é pela graça mediante a fé. O passo mais difícil é conectar-se com as pessoas.

“Parece mais fácil fugir dos problemas, mas fugir não vai resolvê-los.”

Extraído do Livro “Discipulado Relacional” – Joel Comiskey, MDA Publicações, 2014.

LIVRODISCIPULADORELAC

Clique aqui e conheça mais sobre o assunto



, Artigos

Artigos do seu Interesse